Turma da Mônica Wiki

Estamos sempre precisando de mais ajuda em nossos artigos. Se você é grande fã da Turma da Mônica Jovem e do Chico Bento Moço, ficaríamos muitos felizes que pudesse nos ajudar a catalogar muito mais sobre.

Faça parte você também. Crie sua conta hoje mesmo e contribua!

LEIA MAIS

Turma da Mônica Wiki
Advertisement
Sobre o Cebolinha

Dizem que eu tloco as letlas, e que eu falo tudo elado. Mas logo, logo eu aplendo polque sou muito esfolçado!
Cebolinha falando de sua dislalia em "Oi, eu Sou o Cebolinha"

Cebolácio Júnior Menezes da Silva[4][5], mais conhecido como Cebolinha ou Cebola, é um dos personagens mais célebres e engraçados de Mauricio de Sousa, e um dos protagonistas da série de quadrinhos nacional Turma da Mônica. Suas características marcantes é o fato de ele ter dislalia (trocando a letra "R" pelo "L"), só cinco espetados fios de cabelo em sua cabeça e criar diversos planos infalíveis para derrotar a Mônica, a personagem principal e sua conhecidíssima rival, pegar o posto de dono da Rua do Limão e seu coelhinho, Sansão (para dar uns deliciosos nós nas orelhas do bichinho de pelúcia). Originalmente, era o personagem principal de Mauricio, até que perdeu o título pra dentucinha, talvez daí sua cisma em querer derrotá-la constantemente.

O seu nome veio a partir de como o pai de Mauricio chamava um amigo de Márcio (irmão dele), cujo cabelo parecia o de uma cebola.[1] A alcunha leguminosa acabou encantando os leitores, que se apaixonaram pela personalidade única e difícil de aturar do garotinho: astuto e ao mesmo tempo estabanado, Cebolinha é um ligeiro causador de problemas por conta da arrogância (já que tem muito talento e é mais esperto que a maioria das crianças), cheio de teimosia e super descarado – mesmo se achando o maioral e bambambã, não vale de nada e sempre acaba saindo na pior! –, repleto de falhas no ego que, sem procurar tanto, são preenchidas pela lealdade (mesmo sofrendo de um egoísmo disfarçado), simpatia (ainda que quase nunca admite que erra) e pose de "astro", na qual, de vez em quando, ignora todos os defeitos que usa para aprontar com a Mônica e usa suas virtudes tanto com sua família, quanto com seus amigos.

Música-tema

[Cebolinha]
Eu tloco as letlas
Não falo bem
Mas meus amigos
Não tloco por ninguém

O meu cãozinho,
É o Floquinho,
Que eu não sei,
Se vai ou vem,

Cebolinha todo dia com a turminha vai brincar,
E também com o Floquinho vai passear,

Eu tloco as letlas,
Não falo bem,
Mas meus amigos,
Não tloco por ninguém,

O meu cãozinho,
É o Floquinho,
Que eu não sei,
Se vai ou vem.

O Cebolinha é muito esperto
Ele não tem medo de nada

Só de uma coisa eu tenho medo
É de ver a Mônica zangada

O Cebolinha é muito esperto
Ele não tem medo de nada

Só de uma coisa eu tenho medo
É de ver a Mônica zangada

Origem

Cebolinha nasceu em um hospital do Bairro do Limoeiro, onde Seu Cebola ficou muito feliz e surpreso que seu filho é muito parecido com o mesmo. Cebolinha, quando ainda era um bebê, era travesso. Ele quebrava os vasos de sua mãe quando estava brincando e, quando ele acaba de levar uma bronca de seu pai, ele acaba de chorar e Seu Cebola acaba acalmando seu filho cantando uma música do Ursinho Bilu. Quando Seu Cebola acaba levando Cebolinha para passear no parque, Cebolinha acaba de conhecer o Cascão (que também ainda era um bebê) no colo do Seu Antenor.

Quando Cebolinha acabou de conhecer o Cascão, ele brinca pela primeira com Cascão e despede dele afirmando que vai encontra-lo de novo. Cebolinha acaba conhecendo a Mônica (que ainda era um bebê) quando estava brincando, e quando Cebolinha acidentalmente joga seu chocalho de bebê na cabeça da Mônica, acaba levando sua primeira coelhada e ganhando o seu primeiro olho roxo. Quando cresceu, ele tinha 4 anos de idade e acaba de nascer a Maria Cebolinha.

E quando cresceu, ele tem 6 anos de idade e começou a zoar a Mônica e bolando planos infalíveis para ficar com o Sansão para se tornar o novo dono da rua. Quando tinha 5 anos, Cebolinha construiu o Clube dos Meninos no campinho e ficou o Zé Luís sendo o primeiro presidente do clubinho até o Cebolinha se tornar o presidente do clubinho quando tinha 6 anos de idade.

Evolução

Evolucaocebolinha

A Evolução Do Cebolinha (Anos 70)

Primeiramente, Cebolinha tinha bastante cabelo, mesmo já sendo espetado. Ele era bem mais gorduchinho e pequeno. Com o passar do tempo, a quantidade de seu cabelo foi diminuindo até chegar a cinco fios, como os do Cebolinha que conhecemos hoje. Ele também teve sua era "bochechuda", mas foi se ajeitando como todos os outros personagens até virar o Cebolinha de hoje em dia.

Relacionamentos

Mônica

Mônica e Cebolinha têm uma relação bem controversa. Às vezes, aparecem brincando, mas Cebolinha vive atazanando a Mônica bolando planos "infalíveis" para derrotá-la ou se tornar o novo dono da rua. Ele costuma também xingá-la, desenhar gozações da Mônica ou dar nós nas orelhas do Sansão. Cebolinha sempre acaba estropiado ao levar boas coelhadas da Mônica, e nunca escapa.

Em algumas histórias, os roteiristas revelam que o Cebolinha tem uma certa quedinha pela Mônica, mas ele reluta em aceitar e nega qualquer interesse pela Mônica (o Cascão as vezes aproveita disso pra tirar sarro do Cebolinha).

Cebolinha não gosta de ver a Mônica chorando por causa de coração partido, tanto que já brigou (com ajuda do Cascão) com um menino que magoou de propósito o coração da Mônica[18].

Certa vez, o Cebolinha já escreveu um bilhete de dia dos namorados para a Mônica, pois tinha feito um acordo com ela para ser um "admirador secreto fake", pois a Mônica queria "provar" para as meninas do bairro que tinha um namorado (na verdade não tinha). Se ele escrevesse o bilhete, ela iria ficar uma semana sem dar coelhada nele.

Porém, ele tinha feito o bilhete apenas para zombar da garota e chamar ela de detunça e gorducha. No entanto, quando viu que uma garota chamada Sofia estava ussndo sua carta para ridicularizar a Mônica na frente das outras meninas do bairro, ele ficou com pena e correu e rasgou o bilhete e depois imediatamente encheu um muro com corações e elogios para a Mônica e disse que era o namorado da Mônica. Mas na época ele só tinha feito isso para as outras meninas pararem de mecher com a Mônica, não chegou a de fato a virar namorado dela. Só muitos anos no futuro isso aconteceria.[19]

Cascão

Cebolinha e Cascão têm uma relação de melhores amigos. Sempre unidos, gostam de brincar e jogar futebol juntos, e às vezes brigam como todos os grandes amigos, mas sempre se reconciliam no final. Muitas vezes, são colegas de coelhadas, pois Cascão é o principal assistente do Cebolinha em seus planos. Cascão, às vezes, se recusa a participar dos "planos infalíveis" de Cebolinha para derrotar a Mônica, mas, geralmente, acaba aceitando devido a apostas, chantagens ou insistências de Cebolinha.

Dudu

Cebolinha e Dudu têm uma relação não muito amigavel. Dudu vive atazanando Cebolinha, com suas criancices e chiliques, muitas vezes tirando vantagem por ele ser mais novo, e por isso, o primeiro a ser socorrido. Dois bons exemplos disso são os episódios "Peteca" e "Tem Pestinha no Banheiro"

Denise

Denise e Cebolinha são amigos sub semirrivais. Denise às vezes ajuda Cebolinha nos planos infalíveis contra a Mônica criando seus próprios planos para que Cebolinha use-os para derrotar Mônica apesar da mesma ser fofoqueira.

Carminha Frufru

A menina mais bonita do Bairro do Limoeiro, porém bastante metida e esnobe. Assim como vários meninos do bairro o Cebolinha tem uma paixonite por ela, apesar de ela claramente ignorar ele.

É uma das meninas das quais o Cebolinha gosta no Bairro. Ele também tem uma quedinha pela Denise [20]. E apesar de negar e relutar em aceitar também tem uma queda pela Mônica.

De uma coisa é certa... ele quer distância da Penha (a "ex-namorada dele"... sendo que o "namoro" deles durou só um dia).

Louco

A relação do Licurgo (Louco) com Cebolinha é de amigos rivais. Já que o Louco incomoda o Cebolinha sempre chamando-o de Cenourinha, Cebolinha tenta fazer uma distância para ficar longe do Louco, mas ele possui disfarces para encontrá-lo e fazer uma amizade com o Cebolinha para jurar que o nome do garoto de 5 fios de cabelo é Cenourinha. Não se sabe ao certo se o Louco é algum tipo de doido fugido de um manicômio de carne e osso, ou apenas um "amigo imaginário" do Cebolinha, pelo fato de ele em geral dar as caras apenas na história do mesmo, na maioria das vezes sem contato com outros personagens e gerando conflitos fantásticos com o menino de 5 fios de cabelo, mas foi confirmado que ele é verdadeiro, pois na Turma da Mônica Jovem é visto e ouvido por todos.

Dona Cebola

Cebolinha e sua mãe têm uma relação muito afetuosa. Dona Cebola se preocupa muito com o filho, mas às vezes fica chateada com a travessuras do filho, apesar de na maioria das vezes levar na brincadeira.

Seu Cebola

Cebolinha e seu pai também têm uma relação muito afetuosa. Seu Cebola, além de pai, muitas vezes é amigo do filho, mas vive corrigindo as atitudes imaturas dele.

Maria Cebolinha

Cebolinha e sua irmã têm uma relação de amigos rivais. São sempre muito unidos, mas às vezes Cebolinha se irrita com sua irmã, mesmo costumando ser mais imaturo que a irmãzinha mais nova.

Poderes e Habilidades:

Poderes

  • Hipnose: Como visto apenas em "Plano Hipnótico", Cebolinha pode hipnotizar pessoas fazendo-as olhar no fundo de seus olhos. Quando hipnotizadas as pessoas passam a obedecer seus comandos.
    Plano Hipnótico - Hipnose 1

    Cebolinha hipnotizando Cascão

  • Telecinese: Em "Um Plano Levemente Infalível", Cebolinha consegue levantar uma enorme pedra e a Mônica usando apenas a força da mente. Fica ambíguo se Cebolinha possui esse poder telepático, já que ele esquece da existência dele após Mônica cair em cima dele.

Habilidades

  • Inteligência: Cebolinha é um garoto muito inteligente, sempre arquitetando planos muito bem elaborados para poder capturar o Sansão e se tornar o Dono da Rua. Mas seus planos nunca dão certo, mas é apenas porque sempre alguém acaba atrapalhando e estragando os seus planos, então dá pra dizer que a culpa dos planos dele não funcionarem é dos outros, e não dele.
  • Criatividade: Cebolinha têm a imensa criatividade de uma criança de sete anos. Sempre inventando novos planos e criando diferentes maneiras de conseguir pegar o coelhinho da Mônica, ele consegue pensar em ideias bem absurdas como uma invasão de legumes mutantes e maneiras de fazer a casa da sua rival voar.
  • Velocidade sobrehumana: Em suas fugas das coelhadas, Cebolinha demonstra ser muito rápido, apesar de nem sempre conseguir fugir das coelhadas.

Perfil do Site Oficial

Cebolinha é um garoto de cabelos espetados que, quando fala, troca o “R” pelo “L”. Inteligente e malandrinho, está sempre arquitetando planos infalíveis para derrotar a Mônica e se tornar o dono da rua. O problema é que os planos sempre dão errado, o que resulta sempre em coelhadas no final da história. Ele tem um bichinho de estimação chamado Floquinho – um cachorrinho tão peludo, que nunca se sabe se está indo ou voltando – e seu melhor amigo é o Cascão, com quem vive aventuras incríveis!
—Sua descrição no site oficial

Curiosidades

  • É revelado na edição 48 de Turma da Mônica Jovem que o nome verdadeiro dele é Cebolácio Júnior Menezes da Silva.[4]
  • O personagem hoje é parte da Turma da Mônica, mesmo tendo sido criado antes da dentucinha.
  • Cebolinha torce para o Palmeiras. Mauricio de Sousa explicou que a ideia surgiu a partir do fato de que sua camisa é verde.[21][22]
  • Além de planos infalíveis para derrotar a Mônica, Cebolinha também elabora planos para tentar dar um banho no Cascão e planos para fazer a Magali deixar de ser gulosa (como tentar fazer ela comer um sanduíche de minhocas). Ou seja, o Cebolinha só faz arte.
  • Cebolinha é possivelmente descendente do mago Cebomerlin[23], um feiticeiro que viajou de um século passado muito parecido com o Cebolinha (e com o Seu Cebola e o Seu Cebolão também)
  • Sua dubladora brasileira é a Ivete Jayme, depois Angélica Santos. Na Turma da Mônica Jovem é dublado por Alex Minei.
  • Cebolinha é colega de escola da Mônica, Magali e Cascão, sendo que estudam na classe da Professora Bia.
  • Quando foi criado tinha 11 fios de cabelo ao invés de 5. Quando visto de cima, é revelado que ele tem 11 fios até hoje.
  • Quando Cebolinha era bebê um coelhinho de pelúcia caiu em cima dele, desde então ele detesta coelhinhos de pelúcia. [24]
  • Em Cebolinha n° 211, na história "Barraco Entre Famílias", o programa homônimo de perguntas absurdas e respostas mais ainda, o apresentador disse que a resposta da pergunta "qual é o animal mais rápido do mundo?" é o Cebolinha quando foge da Mônica (ou o Cascão quando foge da chuva ou dos planos infaliveis do Cebolinha).
  • Seus super-herois favoritos são Surfista Dourado, Príncipe Nabor e Superomão. Suas músicas favoritas são cantadas por Legião Suburbana, Daniela Bércury e Bon Chovi. Ele gosta de animais e possui um caderno de planos contra a Mônica.[25]
  • Cebolinha já falou certo antes: nas historinhas "O Livro do Erre" e "A Gincana". Na primeira história, ele falou várias palavras corretamente depois de passar noite e dia lendo um livro que o treinava para falar certo, porém o momento não foi testemunhado por ninguém e logo depois voltou a falar errado, e na segunda história fala certo quando levou uma paulada do Cascão, porém volta a falar errado. E uma vez em Batmenino Eternamente e Mônica 500.
    • Porém, nos anos 70 ele falou muitas vezes certo por erro dos letristas.
    • Na história "O Fado Padrinho", é demonstrado que Cebolinha é capaz de suprimir sua dislalia se fizer bastante esforço. O Louco o convence de que, para realizar seu desejo de ser o dono da rua, ele precisaria dizer corretamente "rebimboca da parafuseta", e ele consegue depois de várias tentativas seguidas.[26]
    • Algo semelhante acontece na história "Cebolinha, Diga Rosa!" (Mônica Nº 80 (Editora Abril), dezembro/1976), em que Mônica o obriga a se concentrar para pronunciar a palavra "rosa", e ele passa o dia inteiro praticando até conseguir.
  • Nas traduções em inglês para as historinhas, Cebolinha, ao invés de trocar R por L, troca o R por W, assim como o Hortelino (Elmer Fudd em inglês) na dublagem em inglês dos Looney Tunes.
  • Seu nome foi traduzido para Jimmy Five em versões estrangeiras dos quadrinhos. O five é por causa de seus cinco fios de cabelo, e possivelmente um trocadilho com "chives" (cebolinha).
  • Cebolinha gosta de Rock, tanto que já ganhou de presente de aniversário uma bateria (o instrumento musical) de seus pais [27]
  • Cebolinha só não fala errado quando a letra R é a última da palavra seguida de uma vogal, tais como: "comer", "dormir", apenas trocando as letras quando o R está no meio ou no início da palavra.
  • Em "Tal Pai, Tal Filho!", conhecemos alguns parentes do Cebolinha, entre eles: Primo Gergelim; os gêmeos Gergelinhos; as irmãs Alcachofra; tio Berinjela; tia Beterraba; Tomatinho; Primo Louro; Primo Aipo, entre outros. Além de seus excêntricos avós Cebolão e Cebolona.
  • Cebolinha faz aniversário dia 24 de Outubro, portanto é do signo de Escorpião ("O Paraíso Astral"),[6] ("O Presentevê").
    • Na história "Será Que o Seu Signo Não Combina com o Meu?", Cebolinha diz que seu signo é Escorpião com ascendente em Leão.[28]
    • Na turma principal, haja visto que o Cebolinha é o mais velho dos quatro, depois dele vem o Cascão (Sagitário), Mônica (Áries) e a Magali (Touro)
  • Cebolinha se declara católico,[29] embora na história "Um Dia no Sítio" ele confesse que fugiu do catecismo.[30]
  • Quando o cabelo do Cebolinha é penteado, vemos que, magicamente, os 5 fios se transformam em um volumoso topete castanho.[31]
  • Como revelado em "Rei Por um Dia", ele tem tripanofobia (medo de injeções).
  • Cebolinha é poliglota, já que além do português (seu idioma nativo) sabe falar fluentemente os seguintes idiomas:
    • No curta "Tlopa de Elite" é revelado ele sabe falar inglês, francês e grego.
    • Em um quadrinho da história "A Máquina de Lavar Assombrada", que não foi adaptado para o episódio, ele fala "Uzumaki" (redemoinho em japonês).
    • Na história "Em Busca da Rainha Perdida" (publicada em Mônica 2ª Série - N° 45) é revelado que ele sabe falar espanhol, polônes, esperanto, sueco, alemão e irlandês.
    • Ou seja no total, Cebolinha sabe falar 10 idiomas além do português brasileiro.

Referências

  1. 1,0 1,1 Sousa, Mauricio de (29 de abril de 1998). "Nomes... De onde vêm?" (em português) via Portal Turma da Mônica. Visitado em 31 de maio de 2018. Cópia arquivada em 03 de junho de 2018. "Posteriormente, nas tiras do Bidu, começou a aparecer um menino de cabelos espetados e que trocava o “r” pelo “l” quando falava. Era baseado num garoto de Mogi das Cruzes que jogava bola perto da barbearia do meu pai. E foi meu pai que, observando o menino e seu cabelo parecendo com o alto de uma cebola, começou a chamá-lo de Cebolinha. Peguei daí o nome e parte dos detalhes físicos."
  2. SOUSA, Mauricio de. Folha de S. Paulo, São Paulo, 19 de março de 1960. Folha Ilustrada, pág. 1. Disponível em: Acervo Digital. Acesso em: 19 de março de 2021.
  3. Cebolinha 2ª Série Nº 66 (Ed. Panini)Cerebrolinha, Pág. 33 (referência nº 4), Outubro de 2020
  4. 4,0 4,1 4,2 TMJ Nº 48A Invasão dos Robôs-Zumbis, Pág. 39 (quadrinho 2), Julho de 2012 (arquivo)
  5. 5,0 5,1 Turma da Mônica (seriado), 3ª série Cartoon Network, episódio 18: "Hoje Eu Vou Tomar Banho", 15 de Novembro de 2018. (YouTube)
  6. 6,0 6,1 Cebolinha Nº 196 (Ed. Globo)O Paraíso Astral, Outubro de 2002
  7. Turma da Mônica - Distrofia Muscular de Duchenne - Cada Passo Importa Nº 2
  8. Cebolinha Nº 151 (Ed. Abril)A história dos Cebolas
  9. Cebolinha Nº 49 (Ed. Abril)Luta final
  10. Cebolinha Nº 21 (Ed. Globo)A Surpresa (Parte 4), Primeiras Palavras, Pág. 21 (quadrinho 7)
  11. Cebolinha n° 112, Editora Globo, ano de 1996
  12. Mônica n° 35, Editora Globo, ano de 1989
  13. Cebolinha n° 98, Editora Globo, ano de 1995
  14. Cebolinha n° 64, Editora Globo, ano de 1992
  15. "O que tem nessa barriga?" Cebolinha 3ª Série - N° 5, Editora Globo, ano de 2021
  16. Cebolinha n°75, Editora Globo, ano de 1993
  17. Cascão n° 65, Editora Globo, ano de 1989
  18. Almanaque da Mônica n° 13, Editora Globo, ano de 1989
  19. Coleção 1 Twma Só n° 30, Editora Globo, ano de 2001
  20. Magali n° 208, Editora Globo, ano de 1997
  21. "Mônica é São-Paulina. E Cascão é Corintiano", dos Santos, José Maria; Rodriguez, João Carlos, Placar nº 712, Editora Abril, págs. 18-19, 13/janeiro/1984 (arquivo)
    "tornou-se palmeirense devido às circunstâncias. "Sempre o desenhei com a camisa verde, surgindo daí a identificação. Quando percebi, ele estava gritando: 'Pla flente, Palmeilas' ", explica o desenhista."
  22. Fidelix, Thiago (26 de dezembro de 2013). Mauricio de Sousa faz Cebolinha trocar São Paulo pelo Palmeiras (em português) via globoesporte.com. Visitado em 19 de janeiro de 2024.
  23. Mônica n° 94, Editora Globo, ano de 1994
  24. Mônica nº 116, Editora Globo, agosto de 1996
  25. Mônica Nº 91 (Ed. Globo) - As Coisas Dele
  26. Cebolinha 2ª Série Nº 18 (Ed. Panini)O Fado Padrinho, Pág. 79 (quadrinho 1), Outubro de 2016
  27. Cascão n° 96, Editora Abril, ano de 1986
  28. Mônica 2ª Série Nº 7 (Ed. Panini)Será Que o Seu Signo Não Combina Com o Meu?, Pág. 11 (quadrinho 2), Novembro de 2015
  29. A Turma da Mônica Em: O Estatuto da Criança e do Adolescente (Instituto Cultural Mauricio de Sousa), Pág. 8, 1993
  30. Cebolinha Nº 239 (Ed. Globo)Terror na Roça - parte 4, Pág. 27 (quadrinho 1), Maio de 2006
  31. Cebolinha 3ª Série - Nº 5 (Ed. Panini)Meu Lindo, Pág. 1 (quadrinho 1) (arquivo)
Turma da Mônica (logo deitado)
Magali à esquerda Cebolinha Baby Linha do Tempo Cebola Jovem Cascão à direita
Advertisement