Turma da Mônica Wiki

Estamos sempre precisando de mais ajuda em nossos artigos. Se você é grande fã da Turma da Mônica Jovem e do Chico Bento Moço, ficaríamos muitos felizes que pudesse nos ajudar a catalogar muito mais sobre.

Faça parte você também. Crie sua conta hoje mesmo e contribua!

LEIA MAIS

Turma da Mônica Wiki
Advertisement
Sobre a Denise

A Denise é uma das personagens mais carismáticas da Turma da Mônica. No início, era apenas mais uma personagem secundária, mas ganhou um espaço nos corações dos fãs por sua personalidade irônica, poderosa e divertida. A "fofoqueira" do Bairro do Limoeiro, sempre por dentro de tudo que ocorre (incluindo boatos falsos e verdadeiros), e ligada em tudo o que acontece com a turminha, a Denise tem uma grande autoestima e está sempre atualizada e aderindo a modernidade. Ama estar em evidência, se considerando uma "diva bafônica". Mesmo com uma imagem de "patricinha arrogante", é muito amiga das meninas do Bairro do Limoeiro, sempre disposta a dar um "up" no clima pois, apesar de seu jeito "bisbilhoteiro" de ser e de provocar barracos, a Denise é uma grande aliada das garotas, decidida em ajudar a enfrentar problemas com sua coragem e forte influência para balançar as estruturas.

Características e traços[]

(...) eu tenho uma audição ótima e um faro jornalístico, olho de lince, bom gosto pra diversão pessoal e o mais importante: tato pra entender quando usar tanto poder.
—Denise vendendo seu peixe.[2]
Denise (foto promocional)

Denise é uma baita fuxiqueira, sempre sabendo da vida dos outros e costumando usar dessas "infos" para agitar ainda mais a vida da garotada. É uma descobridora de segredos e está a todo momento se esgueirando nos cantinhos dos gibis para ouvir um babado forte e deixar a sua marca como "rainha do caos". É extrovertida e super sociável, faz amizade rápido por ser linguaruda e ter muita coisa pra contar (há quem aguente a matraca!), é um tanto esnobe e acha que seu nível de amigos só deve se limitar a pessoas da alta sociedade – pois acha que são os únicos que tem conteúdo –, mas no fim, sempre rejeita essa ideia absurda ao perceber que os verdadeiros amigos são os que aguentam a sua personalidade forte.

Está sempre pronta para dar apoio aos seus amigos e é pau pra toda obra. Toda antenada com o mundo atual, é ambiciosa, corre atrás do que quer, tem sacadas engraçadas em qualquer situação e não se abala por nada. Ela tem uma autoconfiança nas alturas e é percebida como uma mocinha metida pela sua forma prática de ver as coisas, sem eufemismo, sempre colocando as cartas na mesa e com a resposta na língua para qualquer provocação. É uma garota irônica, sarcástica, que adora falar da vida dos outros com suas amigas em um tom de deboche e de julgamento e gosta de espalhar a intimidade alheia para todos. Sincericídio ao extremo, é também enérgica e toda pra frente, sem medo de levar críticas, pois rebate na mesma moeda. Acredita que todos os caminhos se voltam para si, já que, em sua opinião, a vida no Bairro do Limoeiro só começa a ir pra frente quando ela gera algum rebuliço, supostamente dando conteúdo para as historinhas. É difícil de se lidar e se autodenomina "personalidade forte".

Biografia[]

Denise em 'O Aniversário da Denise', de Mônica N6

Denise durante a saga de seu aniversário, 2007.

Sempre cheia de gírias e distribuindo conselhos dos mais criativos para a turminha, Denise representa a mais recente geração do mundo, cheia de autenticidade e seguindo as tendências do momento. Constantemente tentando atualizar a tudo e a todos por acreditar ser a mais informada e bem articulada! Ela pode ser considerada uma das mais otimistas personagens e por onde passa, deixa clara sua marca no mundo, ou como ela gosta de dizer, "causando".

Inicialmente como uma coadjuvante, a Denise surgia nos quadrinhos quando era necessário colocar uma menina terciária nas histórias, mas parece que o "jogo virou": depois de aparecer com diversos visuais diferentes, foi feito um concurso que decidiria por definitivo quem seria a "Denise" dos quadrinhos. A Creusa Maria, a intérprete da personagem, decide permanecer no lugar ("O Concurso das Denises!", Mônica 160, janeiro/2000). Dessa forma, a Denise ganhou uma imagem própria, baseada em uma garotinha de opinião forte que não deixa a peteca cair. Ultimamente, é a que mais tem dado as caras nos quadrinhos nos últimos anos junto com o Xaveco, na qual tem secretamente uma paixão escondida (talvez seja mal de personagem secundário gostarem um do outro, há quem diga o Bugu!). Com o passar do tempo, ganhou a simpatia do público com seu jeito carismático e sarcástico de ser; sempre espirituosa, cômica e divertida, Denise recebeu seu espaço nas historinhas e atualmente aparece como personagem principal em muitas edições, ganhando grande destaque desde sua primeira aparição.

Futuro[]

É agora uma garota muito mais independente e confiante, há picos de arrogância pelo seu jeito atrevido, meio interesseira, que dá as caras em diversas situações inconvenientes (de tal forma que se acha super influente e quer sempre “causar”). Tem o mesmo jeito fútil e rebelde de agir e é grande amiga da Carmem e, junto com esta, serve como figura dominante entre as meninas, acompanhando a Mônica e a Magali em suas presepadas, com a intenção de ajudar sempre que puder. Continua com o seu jeito "destruidor de morais" e se mostra mais ambiciosa, querendo se enturmar na graça da galera, falando gírias forçadas constantemente e apresentando novos figurinos escandalosos, uma vez em que quer se mostrar sempre antenada. Não mede esforços para se aproximar do sucesso, criar rupturas na sociedade e ter seu nome lembrado na história.

Bordões[]

Denise com seu novo visual

Denise com visual ubérrimo, se joga!

  • "Arrasa!", "acredita no bate-cabelo!"" (incentivando alguém)
  • "Abafa o caso" (para alguém ignorar o que aconteceu)
  • "Se liberta, criatura!" (cair na real)
  • "Foférrima", "fófis", "fofa" (quando fala com suas amigas)
  • "Babado", "último babado" (fofoca, fofocas recentes)
  • "Babado forte" (fofoca grande)
  • "Notícia bafônica" (notícia polêmica)
  • "Causar", "abalar" (fazer algo marcante)
  • "Hoje eu não tô podendo" (não estou a fim)
  • "Me amarrota que eu tô passada!" (perplexa, surpresa)
  • "Não faz a egípcia não, mon amour..." (criticando)

Bastidores[]

Criação e desenvolvimento[]

Estudo Denise Emerson de Abreu

Estudo de Emerson antes de criar o visual definitivo de Denise.

Denise começou como uma coadjuvante com o "perfil básico" (sem uma marca que a destacasse), aparecendo recorrentemente nas histórias da Magali. Foi criada pela consagrada roteirista da Mauricio de Sousa Produções, a Rosana Munhoz, na década de 1980, sem uma personalidade definida, nem visual padronizado. Aparecia de vez em quando fazendo fofocas e gerando intrigas entre as meninas e, a princípio, foi criada para ser amiga ou inimiga das meninas do Bairro do Limoeiro, quando uma personagem feminina se fazia necessária nas historinhas. Anos mais tarde, na década de 1990, o roteirista Emerson de Abreu resolveu aprimorar a personalidade dela, gerando uma história de fundo e motivação, percebendo que a personagem "poderia render mais se tivesse um pouco mais de atitude, já que papas na língua ela não tinha mesmo".

Boca e Corina em 'A Tribo das Modernosas', para Magali e Denise

"A Tribo das Modernosas", 1998. Estabelece uma nova identidade visual para Denise.

A história em que Emerson começou a desenvolver a personalidade da Denise foi "A Tribo das Modernosas", na revista Magali Nº 245 (Editora Globo), novembro de 1998. Nesta história, a Denise vê dois clubbers – pessoas que frequentam danceterias, moda da década, junto com os punks e góticos – conversando, na qual resolve deixar o cabelo todo colorido e começa a falar gírias gays para se enturmar com os novos conhecidos. Naquela época, a cultura clubber estava no auge e o roteirista decidiu aproveitar-se dessa nova onda para enriquecer o vocabulário da personagem com alguns desses jargões urbanos, para mostrar que ela era uma menina mais antenada com o mundo atual (e também por achar engraçado o fato de que ninguém entendia tal dialeto, que ele implementou nas revistinhas "antes de caírem no gosto popular").[3]

Crise nas Infinitas Denises Coleção de Miniaturas nº 14

Denise através dos anos.[4]

Por este motivo, o roteirista começou a pesquisar na internet cada vez mais formas de se adaptar um linguajar popular, para desenvolver ainda mais as histórias da Denise e transformá-la no arquétipo de subsociedade, onde ela se envolve com o que está mais em evidência na cultura do povo e passa a usar esses novos hábitos em sua rotina.[5] Ele também percebeu que ela funcionava melhor como uma amiga da turma (e não mais como inimiga, pois quase sempre acompanhava a Carminha Frufru – garota mimada que era tão debochada quanto a Denise, daí a dupla –, afastando as duas, ele começou o processo para aperfeiçoar uma individualidade própria para ela: "mais inteligente, descolada e realista que todas as outras meninas da turma").[6] Inicialmente, o roteirista planejava manter o cabelo colorido a partir dessa história, para marcar visualmente a mudança de personalidade, mas como ele estava há apenas dois anos na Mauricio de Sousa Produções, teve receio da ideia não ser bem recebida e Mauricio pensar que ele estava "tomando muita liberdade com os personagens", então desistiu (curiosamente, na história "Êxodo", do livro Ouro da Casa, de 2012, Emerson ressuscitou a ideia do cabelo colorido para a Denise adulta que aparece).[6]

Outra história que se tornou um marco na evolução da personagem foi "O Concurso das Denises!" (Mônica Nº 160 (Editora Globo), janeiro de 2000). Nesta história, a trama é que a "atriz" que interpreta a Denise se cansa do papel e a turma precisa contratar uma nova. Assim, a turma explica todas as mudanças anteriores na aparência da personagem: sempre tinham problemas e precisavam trocar a atriz; e a "atriz" se chama Creusa Maria (algo que veio a ser relembrado em outras histórias, como por exemplo "A Origem do Coelhinho Amarelo" - Mônica 1ª Série - Nº 81, setembro de 2013 - no entanto, Emerson já afirmou em algumas ocasiões que Creusa Maria não é a atual e definitiva Denise).

Conspiração Denisigual Mônica 2v 43 Panini pg 23

Soninha com um exército de antigas Denises em "Conspiração Denisigual".

Foi feita uma certa retrospectiva do desenvolvimento da personagem na história "Conspiração Denisigual".[7] Soninha mais uma vez retorna e, depois de aprisionar Denise, Mônica, e Magali, explica seu plano: "No passado, ser a Denise era ser uma figurante qualquer com o mesmo nome! Infelizmente, a coisa mudou! Quando o estúdio resolveu promover um concurso! Que escolheu minha irmã, Creusa Maria, como a Denise!" Então, lembrando que o que a Denise mais detesta é ser um personagem secundário, Soninha chama cada menina que interpretou a Denise no passado. Elas concordam em ajudá-la a acabar com a fama dela, com o objetivo de fazer a Denise voltar a ser "uma figurante genérica sem nenhuma identificação com o público". Soninha até diz que pesquisou as gírias da Denise para treinar as meninas (fazendo alusão ao fato de Emerson ter pesquisado gírias na internet).[5]

Emerson citou como inspiração os shows da Silvetty Montilla: "Suas respostas rápidas e seu raciocínio ágil e inteligente serviram, mais ou menos, como uma inspiração inicial para o jeito escrachado de ser da Denise."[3] A respeito das gírias gays (que ganharam destaque na mídia particularmente depois de TMJ Nº 5 - As Aventuras do dia-a-dia!),[8] disse que desde os 21 anos conheceu muita gente que falava assim, e que no início realmente não entendia nada do que eles diziam.[3]

Por trás-das-cenas[]

Becca Guerra nos bastidores de Turma da Mônica - A Série

Becca Guerra interpretando a Denise, no making-of da série, 2022.

A Denise é dublada por Bianca Alencar, que também dubla a Magali em série animada da turma jovem. Apareceu várias vezes no desenho-animado da turma da Mônica. Aparece nos episódios; O Concurso de Beleza, onde é uma das concorrentes, ela é dublada por Flora Paulita; no episódio O Baile Frank ela vai com o Xaveco no baile à fantasia de Carminha Frufru. No episódio Venha a Minha Festinha, ela é dublada por Sibele Toledo e brinca com a Mônica de boneca em seu aniversario; nos episódios A Revolta dos Carecas e As Fantasias de Carnaval ela aparece careca e dançando no carnaval. Também aparece em O Corpo Fala onde esta cochichando sobre a Mônica com a Carminha Frufru e em O Teatro de Fantoches. Ressurgiu nos novos episódios de 2017, feitos pela Split Animation.

Curiosidades[]

  • Antigamente, aparecia sempre de um visual diferente, nunca padronizado, mas após o final dos anos 90, Denise recebeu uma repaginação pelo roteirista Emerson Abreu e começou a ter uma aparência única e permanente: sempre de maria-chiquinha, com seu cabelo moreno de tons ruivos separados igualmente por xuxinhas.
    • Além disso, Denise costuma usar vestidos rosas e violetas, com detalhes nas saias, acompanhados de sapatos de fivela da mesma cor. Deste modo, roxo passou a ser sua cor-chave, assim como vermelho, Mônica; verde, Cebolinha; amarelo, Magali; etc.
  • Foi revelado que Denise tem uma "irmã", chamada Soninha, que na realidade era uma amiga imaginária da garota.
  • Denise possui ascendente no signo de Gêmeos,[9] o que significa que ela tem traços de personalidade geminianos, como uma pessoa faladeira e sociável.
    • Considerando que o signo de Gêmeos corresponde ao mês de Maio/Junho, significa que a data de lançamento da saga "O Aniversário da Denise", e os arcos subsequentes, passam durante a data de nascimento dela, de fato.
  • Denise quer ser jornalista quando crescer.[10]
  • Na história "Causando na Roça"[11], é revelado que Denise estuda com Zeca, primo do Chico Bento. Zeca diz que ela é sua "namoradinha da escola", mas Denise nega o relacionamento repetidamente. Zeca volta a insistir na "paixonite" em "Os Alienígenas do Planeta Tomba",[12] e Denise segue lhe rejeitando.
    • Essa primeira história é referenciada em TMJ Nº 83 - Herdeiros da Terra (Turma da Mônica Jovem). O Zeca diz que aquela era a época em que eles namoravam, e Denise continua negando. Na edição seguinte, Denise e Zeca começam a demonstrar um relacionamento de amor e ódio, trocando xingamentos e provocações, mas se beijando em um certo momento.
  • Denise é colega de escola da Mônica, estudando na classe da Professora Bia.[13]
  • A ideia de criar um Clubinho das Meninas (em oposição ao Clubinho dos Meninos) foi da Denise.[14]
  • A casa da Denise fica numa esquina da Rua do Limoeiro.
    • Denise é vizinha de uma garota chamada Pati, que já tentou (em vão) molhar o Cascão.
  • Denise é fã de música pop e divas musicais, mencionando a cantora "Mandonna"(sic) na história "Coral de Natal na Escola"[15] e ouvindo a cantora Lady Gaga na história "Lady Magaga".[16]
  • Na história "Mingau Ciumento", de 1993, Magali leva para a casa dela uma gata chamada Chimin, que ela diz ser a gata de estimação da Denise, para que esta vire a namorada do Mingau. Esta gata talvez seja um protótipo da Aveia, já que ela é bem parecida fisicamente com ela. É possível que ela seja a própria Aveia, pois a personagem só ganhou um nome fixo em 2008.
    • Isso leva a possibilidade da Denise ser a dona da Aveia (ou pelo menos a antiga dona, pois nas histórias mais recentes a Aveia é uma "gata vira-lata de rua" e na Turma da Mônica Jovem ela passa a viver na casa da Magali).
  • Na história "A Marina é Tímida", do final da década de 1990, a Denise tentou convencer a Marina a namorar com o Franjinha, mas a amiga não se interessou nas ideias da Denise pra conquistar o menino cientista, pois, segundo a Marina, ela era nova demais pra pensar em namorar.[17]
    • A Denise ainda não tinha um nome fixo e era chamada de Raquel na historinha.
    • Na história, a Denise diz pra Marina que "já beijou muitas vezes", mas a Marina não acredita porque, pra ela, a Denise estava óbviamente mentindo (afinal de contas, ela só tem 7 anos).
      • Ao ver que o Franjinha é apaixonado pela Marina, ela comenta com a amiga, de forma amigável, "[você] vai começar a namorar antes de mim". Ou seja, durante a Turma Clássica, a Denise nunca teve um namorado.
    • A Denise comenta "se eu tivesse um paquera, não iria deixar ele escapar"
      • Ironicamente em histórias posteriores, é mostrado que a Denise não consegue começar um namoro com o Xaveco, que tem uma quedinha por ela. E ela tem uma queda por ele também, apesar de não gostar de admitir (ficando algo platônico)
  • Denise e Mônica já ficaram de mal uma com a outra porque gostavam do mesmo menino (o Reinaldinho, um dos "inhos" pelo qual a Mônica já se apaixonou). Na história, as duas disputaram a amizade da Magali, que procurou o Reinaldinho para que este dissesse para as duas que não gostava de nenhuma das duas... mas no final houve um mal entendido: Mônica e Denise flagram a Magali conversando com o Reinaldinho e as duas ficam de mal com a Magali e então fazem as pazes.[18]
  • Apesar de ser uma das garotas mais "moderna" e "atualizadas" da turma, não demonstra muito isso através do seu vestuário, usando sempre vestidos antigos e marias-chiquinhas (inclusive, na sua versão jovem, mantém o clássico formato de cabelo, mesmo sendo uma adolescente estilosa).
  • Denise é uma dos poucos personagens que não tiveram seu nome alterado na dublagem inglesa.
  • Como revelado em "Depois das Doze", Denise tem alergia a amendoim.

Referências

  1. Magali Nº 68 (Editora Globo), Janeiro de 1992
  2. Jeremias - Estrela, Pág. 35 (quadrinho 4)
  3. 3,0 3,1 3,2 Magalhães, William. Roteirista explica origens de gírias gays na Turma da Mônica - entrevista com Emerson de Abreu para o site A Capa, 21 de Maio de 2009. (arquivada no blog pessoal de Emerson de Abreu em 23 de Maio de 2009.)
  4. Turma da Mônica - Coleção de Miniaturas Nº 14 (Ed. Salvat)Denise, Novembro de 2016
  5. 5,0 5,1 Abreu, Emerson de - Antes tarde do que nunca... via Blogspot, 14 de Janeiro de 2009.
  6. 6,0 6,1 Texto atribuído ao Facebook de Emerson de Abreu. Arquivado externamente em 19 de Janeiro de 2015.
  7. Mônica 2ª Série Nº 43 (Ed. Panini)Conspiração Denisigual, Pág. 3-26, Novembro de 2018
  8. Abreu, Emerson de - Checklist - Dezembro (parte 3) via Blogspot, 15 de Janeiro de 2009.
  9. Sousa, Mauricio de (10 de janeiro de 2023). "Qual seria sua Turma baseada no seu trio astrológico? — Segue o fio: Gêmeos" via Twitter. Visitado em 7 de abril de 2023.
  10. Mônica n° 23, Primeira Série da Panini, ano de 2008
  11. Chico Bento 1ª Série Nº 32 (Ed. Panini)Causando na Roça, Pág. 3-36, Agosto de 2009
  12. Chico Bento 2ª Série Nº 4 (Ed. Panini)Os Alienígenas do Planeta Tomba, Pág. 3-32, Agosto de 2015
  13. Mônica 03 (Editora Panini) - Aniversário na Escola (Março de 2007)
  14. Mônica n° 53, Editora Globo, ano de 1991
  15. Magali n° 36, Primeira Série da Panini, Dezembro de 2009
  16. Magali n° 55, Primeira Série da Panini, 2011
  17. Mônica nº 138, Editora Globo, Maio de 1998
  18. Magali n° 111, Editora Globo, ano de 2993
Turma da Mônica (logo deitado)
Advertisement